+55 (11) 937.049.607


Equipes voltam a se enfrentar em uma final na disputa da Copa do Brasil




Foto: Lance!



Foto: Lance!

Apesar das derrotas sofridas na rodada do meio de semana do Brasileirão, Flamengo () voltam todo o seu foco para a grande final da Copa do Brasil a partir de agora.

Para o Rubro-Negro, a conquista é a oportunidade de faturar mais um troféu nacional em um dos momento mais vitoriosos da história do clube. Do outro lado, o Tricolor volta à decisão do mata-mata nacional depois de 23 anos, na tentativa de faturar o único título de expressão que falta em sua galeria de troféus.

Esses já seriam motivos mais que suficientes para prender a atenção de qualquer apaixonado por futebol, mas o largo histórico de finais entre São Paulo e Flamengo deixa o confronto ainda mais interessante.

Ao todo, as duas equipes já disputaram cinco finais, com direito a decisões continentais. O histórico é equilibrado, com vantagem de um título para o clube carioca (3 a 2). Além das taças, decisões entre São Paulo e Flamengo costumam servir de palco para grandes craques da história do nosso futebol, como Toninho Cerezo, Kaká e Petkovic.

Relembre a seguir as decisões entre São Paulo e Flamengo na história!

1993 – SUPERCOPA LIBERTADORES (TÍTULO DO SÃO PAULO)

De um lado, o esquadrão de Telê Santana, campeão da América e do Mundo em 1992, com jogadores do nível de Zetti, Cafu, Ronaldão, Cerezo, Leonardo e Muller. Do outro, o Flamengo tinha uma mescla entre juventude e experiência que uniu jogadores como Junior Baiano, Marcelinho Carioca, Renato Gaúcho e Casagrande. Na grande final do torneio, que reunia campeões da Libertadores, dois empates em 2 a 2 e decisão nos pênaltis. Por 5 a 3 – e com direito a erro de Marcelinho Carioca – o Tricolor venceu a primeira final entre as equipes.

1996 – COPA OURO (TÍTULO DO FLAMENGO)

Uma competição de tiro curto, realizada em Manaus, e que reunia os vencedores de competições da Conmebol no ano anterior: Grêmio (vencedor da Libertadores), Rosario Central-ARG (vencedor da Copa Conmebol), São Paulo (campeão da Copa Master Conmebol) e Flamengo (vice-campeão da Supercopa da Libertadores, ganhou vaga após desistência do Independiente-ARG). Disputado em formato de semifinal e final, o Flamengo superou os argentinos por 2 a 1 na primeira partida e depois o Tricolor por 3 a 1 para se sagrar campeão do torneio.

1996 – COPA DOS CAMPEÕES MUNDIAIS (TÍTULO DO SÃO PAULO)

Como o próprio nome sugere, a competição reunia equipes brasileiras que já haviam faturado o Mundial de Clubes (Santos, Flamengo, Grêmio e São Paulo). A competição era disputada em formato de quadrangular, com os dois melhores colocados do grupo avançando para uma final em jogo único. Na segunda edição do torneio, o Tricolor superou o Rubro-Negro por 2 a 1 e faturou o troféu.

1997 – COPA DOS CAMPEÕES MUNDIAIS (TÍTULO DO FLAMENGO)

No ano seguinte, ocorreu a revanche do Flamengo. No mesmo sistema de disputa, as duas equipes se classificaram novamente para a decisão e o time da Gávea saiu vencedor ao superar o Tricolor por 1 a 0. O autor do gol foi o meia Iranildo. Essa foi a última edição da competição e o ‘empate’ do Flamengo em decisões diante do São Paulo.

2001 – COPA DOS CAMPEÕES (TÍTULO DO FLAMENGO)

Um torneio nacional que dava vaga para a Libertadores. Te lembra alguma coisa? A final da Copa dos Campeões de 2001 foi disputada em dois jogos no Nordeste: o primeiro no Almeidão, em João Pessoa (PB) e o segundo no Rei Pelé, em Maceió (AL). No jogo de ida, deu Flamengo por 5 a 3; na volta, vitória do São Paulo por 3 a 2. No saldo de gols das duas finais, levou a melhor o Rubro-negro, comandado por Zagallo.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *