+55 (11) 937.049.607


O Ferroviário é bicampeão da Série D do Brasileirão. Na tarde deste sábado (16/9), recebeu a Ferroviária de Araraquara-SP na partida de volta da final, no Presidente Vargas, em Fortaleza. Venceu por 2 a 1 e, como teve empate na ida (0 a 0), ficou com o caneco de forma invicta (15 vitórias e 9 empates).

O veterano Ciel, de 41 anos, foi o cara do jogo. Fez grandes jogadas, além de dar o passe para o gol de Deizinho e fazer o segund, o do título. A Ferroviária descontou com um golaço de Vitor Barreto. O cigano da bola ( Fluminense, Santa Cruz, Ceará, além de vários clubes do exterior) saiu ovacionado ao ser substituído na reta final da partida.  Com o caneco, o Ferrão celebra o seu segundo caneco da Quarta Divisão, já que foi campeão em 2018.




Ferroviário (de branco) e Ferroviária fizeram jogo movimentado. No fim, os cearenses foram campeões –

Ferroviário (de branco) e Ferroviária fizeram jogo movimentado. No fim, os cearenses foram campeões –

Foto: Lenilson Santos / FAC / Jogada10

Quem sobe, quem cai

Tanto Ferroviário quanto a Ferroviária garantiram acesso para a Série C-2-024.  Athletic-MG e Caxias-RS, semifinalistas da quarta divisão, tambpem vão para a Terceirona. O quarteto assuime as vagas dos rebaixados Manaus-AM, Altos-PI, América-RN e Pouso Alkegre-MG.

Ciel põe o Ferroviário na frente

O Ferroviário fez a alegria de sua torcida logo no primeiro minuto.  O veterano Ciel recebeu lançamento pela direita, ganhou na velocidade e chutou. A defesa era fácil para Saulo. Mas o goleiro ele bateu roupa e a sobra voltou para Ciel, que tocou para Deizinho fazer 1 a 0. O Ferroviário seguiu mandando no jogo.

Ferroviária empata com golaço

Contudo, após a parada técnica para hidratação, a Ferroviária voltou melhor, quase fez um gol em chuveirinho (a bola bateu na trave e o goleiro salvou quando estava entrando, e empatou aos 38, quando Vitor Barreto recebeu pela esquerda área ajeitou  tocou encobrindo o goleiro.

No fim do primeiro tempo, o Ferroviário teve duas grandes chances. Uma finalização de Ciel e uma cabeçada de Alisson, que obrigou o goleiro Alisson a fazer grande defesa.

No segundo tempo, Deizinho, que era dúvida e jogou no sacrifício, saiu para a aentrada de Kadu barone. E foi Kadu que, aos seis mimnuitos, cruzopu pára a entrada de Ciel, que bateu de primeira para fazer 2 a 1.  O jogo seguiu muito bom, com o Ferroviária quase ampliando em contra-ataques (Ciel perdeu ótima chance e Kadu Barone isolou uma incrível) e a Ferroviária lamentando uma falta de Cantarelli que bateu na trave.

Todos os campeões da Série D

2009 – São Raimundo-PA

2010 – Guarany-CE

2011 – Tupi-MG

2012 – Sampaio Corrêa-MA

2013 – Botafogo-PB

2014 – Tombense-MG

2015 – Botafogo-SP

201 – Volta Redonda – RJ

2017 – Operário-PR

2018 – Ferroviário -CE

2019 – Brusque – SC

2020 – Mirassol – SP

2021 – Aparecidense-GO

2022 – América-RN

2023 – Ferroviário-CE

FERROVIÁRIO-CE 2X1 FERROVIÁRIA-SP

Final da Série D-2023 – Jogo de volta

Data: 16/9/2023

Local: Estádio Presidente Vargas, Fortaleza (CE)

FERROVIÁRIO: Igor Rayan; Wesley, Alisson, Éder Lima e Matheus Silva (Geninho, 38’/2ºT; Lincoln, Cesar Sampaio e Tarcísio (Brayan, 19’/2ºT); Deizinho (Kadu Barone, Intervalo), Gabryel Martins  (Thiaguinho, 26’/2ºT) e Ciel (Abner, 38’/2ºT) . Técnico: Paulinho Kobayashi

FERROVIÁRIA: Saulo; Lucas Rodrigues, Ronaldo Alves (Judá, 38’/2ºT), Gustavo Medina e Vitor (Batista, 25’/2ºT); Pablo Gabriel, Paulinho Santos (Felipinho, 16’/2ºT) e Thomaz (Pedro Paulo, 38′; Antônio (Cantarelli, 25’/2ºT), Vitor Barreto e Pilar. Técnico: Alexandre Lopes

Gols: Deizinho, 1’/1ºT (1-0); Vitor Barreto, 38’/1ºT (1-1); Ciel, 6’/2ºT (2-1)

Arbitragem: Leandro Vuaden (Fifa-RS)

Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi e Michael Stanislau (RS)

VAR: Rodolpho Toski Marques (PR)

Cartões amarelos: Cesar Sampaio (FER-CE); Pilar (FER-SP)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *