+55 (11) 937.049.607


O Fluminense aumentou a invencibilidade no Maracanã, na Série A do Campeonato Brasileiro, para 11 jogos ao vencer o América-MG neste sábado (19), de virada, por 3 a 1. O Tricolor saiu atrás com  Felipe Azevedo, mas aproveitou falhas da defesa americana e marcou com John Kennedy, Cano e Arias. Todos os gols no segundo tempo.

A vitória, por ora, recoloca o Fluminense no G4 do Campeonato Brasileiro e afunda ainda mais o América no Z4. Com a vitória, o Fluminense chega aos 34 pontos e dorme na 3ª colocação do Campeonato, a depender do complemento da rodada. Se todos os rivais vencerem, o Tricolor retorna para a sétima colocação.

O América segue afundado na lanterna da competição. Com o revés no Rio de Janeiro, o Coelho estaciona nos dez pontos, com sua 13ª derrota em 19 jogos até aqui. Situação dramática para os mineiros.

Marcelo

O técnico Fernando Diniz perdeu logo nos 11 primeiros minutos de jogo o lateral Marcelo, que sentiu e pediu para deixar o campo, sendo substituído por Diogo Barbosa. O camisa 12 está suspenso pelas quartas de final da Libertadores, mas o Tricolor entrou com recurso.

Ou seja, se o jogador for absolvido pela Conmebol pode ser desfalque de qualquer forma no confronto diante do Olímpia. A ideia é ter o camisa 12 nos dois jogos pelas quartas de final do torneio continental.

Como foi o jogo

Precisando desesperadamente da vitória, o América tomou a iniciativa e, nos primeiros 30 minutos, foi superior, criando boas chances de marcar. O goleiro Fábio salvou o Fluminense em duas oportunidades.

Aos poucos, o Coelho foi recuando e deixando o Flu tentar jogar. Invicto em casa na competição, o Tricolor teve boas chances de marcar. O saldo ficou de um primeiro tempo movimentado, com o América superior.

Depois de Fábio salvar com as mãos em duas oportunidades, ele deu a chance do América marcar. Após saída bisonha com os pés, a bola ficou com Mastriani que, sozinho, mandou para fora, desperdiçando mais uma grande chance do Coelho ir para o intervalo com vantagem no marcador.

O América voltou com o mesmo ímpeto que finalizou a etapa inicial tentando acuar o Fluminense em pleno Maracanã. E a pressão funcionou. Felipe Azevedo aproveitou contra-ataque para aparecer no meio da defesa e abrir o marcador para o Coelho, que vinha melhor na partida.

Porém, quando a fase não é boa. Minutos depois, o Fluminense chegou ao empate no primeiro ataque da segunda etapa, com John Kennedy, após cruzamento de Keno, deixando tudo igual e dando outro ritmo ao confronto.

A bobeada no gol de empate, foi fatal. O artilheiro do Brasil, Germán Cano, não perdoou. Em bom passe, o argentino virou o marcador e explodiu a torcida tricolor no Maracanã. No final, Arias também aproveitou para sacramentar a vitória tricolor, em mais uma falha defensiva.

Cano

Com mais gols marcados, Cano segue disparado na artilharia do futebol brasileiro e deve ficar com o posto pelo segundo ano consecutivo. O artilheiro – que no ano passado marcou 44 gols – atingiu a marca de 30 gols na temporada, sendo o sétimo no Campeonato Brasileiro.

Em 2022, o camisa 14 teve uma média de 0,62 gols por partida. Foram 70 jogos disputados. Neste ano, os 30 gols foram anotados em 43 jogos, mantendo a média de 0,69 gols por partida. Ou seja, se depender do desempenho, o argentino pode superar sua própria marca.

Agenda

Fluminense e América agora mudam o foco para as disputas continentais. O Tricolor recebe o Olimpia-PAR, na quinta-feira (24), às 21h30 (de Brasília), pelas quartas de final da Copa Libertadores. No Brasileiro, volta a campo no domingo (27), em Curitiba, diante do Athletico, às 18h30 (de Brasília).

Já o América, também joga pelas quartas de final, mas da Copa Sul-Americana. Na quinta-feira (24), o Coelho recebe o Fortaleza, às 19h (de Brasília). Na Série A, o rival será o São Paulo, também em Belo Horizonte, no domingo (27), às 16h (de Brasília).

Fluminense 3×1 América-MG

Fluminense: Fábio; Samuel Xavier, Nino, Felipe Melo (Martinelli) e Marcelo (Diogo Barbosa); André, Lima (John Kennedy) e Ganso (Marlon); Arias, Keno (Leo Fernández) e Cano.

Técnico: Fernando Diniz

América-MG: Matheus Cavichioli; Marcinho, Iago Maidana, Burgos e Danilo Avelar (Marlon); Javier Méndez (Alê), Juninho e Martínez; Rodrigo Varanda (Everaldo), Felipe Azevedo (Pedrinho) e Mastriani (Mikael).

Técnico: Fabián Bustos

Gols: John Kennedy (12 min 2ºT), Cano (19 min 2ºT) e Arias (43 min 2ºT)  para o Fluminense; Felipe Azevedo (6 min 2ºT) para o América

Cartões amarelos: Arias (FLU); Everaldo (AME)



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *