+55 (11) 937.049.607


Lívia Torres foi demitida da Globo na última segunda-feira (17). A informação foi reportada pelo colunista de Splash Lucas Pasin.

A jornalista estava havia 14 anos na emissora e era um dos destaques da editoria Rio. Ela foi dispensada após apresentar o sorteio da semifinal da Copa do Brasil, em evento que aconteceu na segunda.

Em sua carreira, ela participou de várias reportagens importantes. Entre elas, uma denúncia contra empresas que aplicam golpes de pirâmide financeira com o uso de bitcoins, em 2021.

Torres sofreu ameaças de manifestantes que foram até a porta da emissora, no Rio de Janeiro. Eles exigiam a presença da repórter para ela prestar esclarecimentos. A emissora, por meio de nota oficial, repudiou o ataque contra a profissional.

Ela começou no canal como estagiária no site de notícias G1. Após ser efetivada, atuou por quatro anos no “Fantástico”, como produtora e editora de conteúdo. Com a experiência que adquiriu, veio o maior desafio da carreira: ir para a frente das câmeras.

A repórter de 37 anos costumava fazer matérias para jornais locais da Globo no Rio de Janeiro, como RJ1, RJ2 e Bom Dia Rio, mas, já teve reportagens exibidas para todo Brasil, como no Jornal Hoje.

Em agosto de 2019, Torres trabalhou em uma cobertura difícil: um ônibus foi sequestrado e 39 passageiros foram feitos de reféns na ponte Rio-Niterói. A jornalista estava no local, e acompanhou de perto o cerco da polícia.

No link ao vivo, enquanto noticiava os desdobramentos do crime para o Bom Dia Rio, Lívia correu ao ouvir sons de disparos.

Apesar da tensão e da delicadeza dessa trágica cobertura, voltei de férias hoje para um dia que sem dúvida ficará marcado na minha carreira e na minha vida.
Escreveu Lívia Torres em seu Instagram.

A jornalista gosta muito de viajar e certamente tem muitos carimbos em seu passaporte: ela já viajou, por exemplo, para Itália, Grécia, Tailândia, Chile e Portugal. Falando no país do vinho do Porto, a jornalista possui cidadania brasileira e portuguesa.

Em 2022, ela emocionou o público ao entrevistar Janete Evaristo, uma mulher que chorou ao falar sobre as dificuldades para alimentar a família, já que está desempregada e sem fonte de renda estável.

Muita gente perguntou, quis saber da Dona Janete. [Na terça] Ficamos emocionadas, tanto ela quanto eu, a gente não esperava aquilo que aconteceu. Agora a gente está aqui, juntas. Dona Janete está fazendo cursos de especialização, aprendendo a pintar pano de prato.
Publicou no Instagram.





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *