+55 (11) 937.049.607


Único time com 100% de aproveitamento na Premier League da atual temporada, o Manchester City luta pela quinta vitória consecutiva neste sábado (16), quando visita o West Ham em Londres, às 11h (de Brasília), com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

A principal novidade será Pep Guardiola, de volta ao banco de reservas após se recuperar de uma cirurgia de emergência nas costas. Mas, se o técnico retornou, uma situação segue indefinida no atual tricampeão inglês: o dono da faixa de capitão.

Com a saída de Ilkay Gundogan, dono da braçadeira logo após a despedida do brasileiro Fernandinho, a posição ficou vaga no elenco do City, que, mesmo com um mês de bola rolando na temporada, ainda não definiu quem será o sucessor.

Isso faz parte da rotina do clube de Manchester. Nos últimos anos, a decisão de quem assume a faixa é feita por votação dos jogadores, em processo semelhante ao que passou o PSG recentemente (Marquinhos foi o escolhido em Paris). A eleição acontecerá nos próximos dias, agora que a janela está fechada e, portanto, não há mais riscos de saída.

No City, essa votação já havia contemplado Gundogan, eleito o capitão da temporada 2022/23 e portanto responsável por erguer os troféus da Premier League, da Copa da Inglaterra e da Champions League, na conquista da sonhada Tríplice Coroa.

Agora, com a partida do alemão para o Barcelona, sobram candidatos. O zagueiro John Stones, por exemplo, chegou a fazer uma campanha bem-humorada há um ano na tentativa de se tornar capitão. Espalhou até cartazes pelo CT do City, mas não foi eleito.

O natural sucessor de Gundogan seria Kevin de Bruyne, principal craque e jogador há mais tempo no clube, mas uma grave lesão que o obrigou até a passar por cirurgia vai tirá-lo dos gramados pelo menos até janeiro. Logo, suas chances diminuem bastante.

Rúben Dias e Rodrigo são líderes ativos do elenco e se portam como capitães em campo, o que naturalmente os deixa na disputa. Mas quem parece largar à frente é Kyle Walker.

O lateral-direito, que esta semana renovou contrato com o City até junho de 2026, usou a faixa nos jogos da atual temporada, incluindo a Supercopa da Uefa, e goza de prestígio dos companheiros, que até pediram a Guardiola para que Walker não fosse negociado com o Bayern de Munique.

“Fizemos nosso trabalho de tentar convencê-lo. Não só eu, o clube também, mas sobretudo algo que eu nunca vi: seus companheiros. Eles disseram ‘Kyle não pode sair, você não pode ir embora!’. Acho que ele se sentiu muito amado”, falou Guardiola em entrevista na sexta (15).

O técnico comemorou a permanência de seu titular absoluto, mas garantiu: não vai influenciar na escolha sobre o novo capitão.

“Não, eu não voto. Nunca. Isso pertence aos jogadores, não a mim. O que eles decidirem, está perfeito”.

Onde assistir a West Ham x Manchester City?

West Ham x Manchester City terá transmissão ao vivo pela ESPN no Star+ neste sábado (16), às 11h, pela 5ª rodada da Premier League.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *